16
Jan 09
publicado por André Pereira, às 15:18link do post | comentar

Vasco Pulido Valente, na sua crónica habitual das sextas-feiras no Público, aborda o debate proposto por Manuela Ferreira Leite e aproveita para dar umas "bicadas" em Pacheco Pereira. Deixo-vos aqui um excerto:

 

" De resto, é estranho que Pacheco Pereira apoie, e recomende, que um grande debate nacional, como o putativo debate com Sócrates sobre política económica, se transfira de um orgão de soberania para a televisão. Não pensou com certeza nas consequências do precedente. Se por acaso Sócrates se prestasse à coisa, quem não quereria o mesmo privilégio?

Porquê MFL e não Jerónimo de Sousa, Francisco Louçã e Paulo Portas? Porque há mais deputados do PSD? E o PC, o Bloco e o CDS não representam em conjunto um milhão e tal de portugueses? Convinha que a televisão( e qual televisão?) substituísse a Assembleia da República? Ou que passasse a decidir quem promovia e quem não promovia? Não acredito que, desta vez, Pacheco Pereira levasse a sério o que escreveu."

 

Na maior parte das vezes estou em desacordo com VPV, mas desta vez, admitamo-lo, ele acertou em cheio. Só faltava encerrar-se a Assembleia e passar a fazer-se os debates na televisão. Talvez a senhora não se importasse.


Ler
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO