10
Mar 09
publicado por Simão Martins, às 19:47link do post | comentar

 

Nuno Ferreira Santos: Público

 

Confesso que há muito tempo não me dava tanto prazer ler o Público, como no passado dia 5 de Março. Não tanto pela qualidade do jornal em si, (que salvo raras excepções, é bastante elevada, por isso o compro regularmente) mas pela compilação de erros e gaffes que foi acumulando ao longo dos anos. É sempre agradável ver o próprio jornal a assumir erros e da forma irónica com que o fez. 

 

Mas o ponto alto da edição da última quinta-feira situou-se no editorial. Tem sido tradição convidar algumas figuras - cujo nível intelectual não merece comentários - para serem directores por um dia (o ano passado calhou a fava a José Pacheco Pereira - talvez seja por isso que agora anda tão exacerbado com o jornal de Belmiro de Azevedo). Este ano foi a vez de António Lobo Antunes. Claro que, para não conspurcar de forma alguma o texto do escritor, deixo aqui a peça completa, intitulada "Os Jornais & eu" (vale a pena ler!). É daqueles textos que deviam ser segredados a cada jornalista ao adormecer.

 

E foi assim que, no dia em completou 19 Primaveras, o jornal liderado por José Manuel Fernandes me encheu as medidas.


Ler
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO