14
Mar 09
publicado por Alexandre Veloso, às 13:16link do post | comentar

O título deste post é o nome de uma música do excelente cantor brasileiro Cazuza. Escolhi-o para título porque cada vez que vejo o PM a fazer as suas habituais corridas nas viagens de Estado chego à conclusão que realmente exibir-se para as câmaras já faz parte do "show" particular de Sócrates.

 

Chega a ser patético como o PM necessita de exibir-se para os jornalistas em todas as viagens de Estado que faz. Seja na Praça Vermelha de Moscovo, na Praça Tiananmen em Pequim, no "Calçadão" de Copacabana ou na marginal da Cidade da Praia, faça frio ou faça calor, lá está Sócrates a mostrar como o exercício físico é saudável. A barriga que exibiu em Cabo Verde mostrou realmente que o PM faz exercício regularmente, e que a sua já clássica corridinha para as câmaras não era mais do que aquilo a que ele já está habituado!

 

O curioso é que nunca há notícias de que José Sócrates vá exercitar-se para o Monsanto, ou para a serra de Sintra ou até para o Estádio Universitário. Em Portugal, Sócrates só corre as maratonas que atravessam as pontes Vasco da Gama e 25 de Abril. E só o faz porque sabe que as televisões vão lá estar para o filmar.

 

Eu pergunto: qual a necessidade que o PM tem de fazer jogging em todas as cidades que visita?  Quer provar que faz exercício regularmente? Na minha opinião o que ele quer mesmo é exibir-se para as câmaras.


Que bonito, Alexandre! Então tudo o que o homem faz é um acontecimento!

Se cada vez que ele fosse fazer jogging isso se tornasse num acontecimento, então qualquer coisa não estava a bater certo.

Há uma coisa chamada valor-notícia, que permite identificar num acontecimento uma característica que o permite tornar-se numa notícia. Sócrates a correr numa maratona na ponte Vasco da Gama até pode ser notícia. A fazer jogging no Estádio Universitário nem por isso.
Simão Martins a 14 de Março de 2009 às 15:54

o grande problema está no jornalismo que temos hoje. pq enquanto houver televisões que considerem importante mostra a corridinha do PM, acho que o jornalismo não muda.
O que quero realçar com o post é a necessidade obcessiva do PM de correr para as televisões em todas as viagens. e isso o caro Simão sabe bem que é verdade. tanto sabe que n comentou o post pra desmentir o q eu digo. eu pergunto então: acha o simão que a corrida do PM, seja aqui ou no estrangeiro, é um acontecimento suficientemente importante pa ser noticiado? qual a característica da notícia "jogging de Sócrates" que justifica transformá la em notícia? NENHUMA.
E isso o Simão também sabe.

Concordo contigo, quando dizes que não se justifica que o jogging do Sócrates seja uma notícia. Mas todos sabemos que quando há a maratona, seja na 25 de Abril ou na Vasco da Gama, o fulano está lá. E isso é noticiado, quer queiramos, quer não. Se eu concordo? Não.
Simão Martins a 14 de Março de 2009 às 20:28

Ler
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO