14
Abr 09
publicado por Simão Martins, às 22:24link do post | comentar

 

...é o que acaba de dar Manuela Ferreira Leite. Isola-se e perde força, ao tornar uma das jóias da coroa em candidato ao Parlamento Europeu.

 

Paulo Rangel, que não é de todo a minha figura predilecta na política em Portugal, apresentava-se desde há algum tempo como um dos grandes manda-chuva da Assembleia República, demonstrando uma forma de fazer oposição como há muito faltava ao PSD. 

E agora que o PSD tinha alguém que podia ajudar Ferreira Leite a fazer uma boa oposição e quem sabe destronar o PS do governo, eis que esta o recambia para Bruxelas.

 

Quem ganha é o PS e Ferreira Leite fica assim mais distante de algo a que se poderia chamar uma "mínima concretização política".


Ler
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO