29
Abr 09
publicado por Alexandre Veloso, às 14:10link do post | comentar

 Será mais cegueira a dos portugueses que recusam- se a ver as contradições de Manuela Ferreira Leite, ou a do PM que mente aos portugueses sobre:

 

- a crise

- os pseudo relatórios da OCDE

- o realismo do Orçamento de Estado

- as suas "boas" relações com o Presidente

- o facto de não entender e de responder ao PR

- o estado da justiça em Portugal

- a inevitabilidade de um aeroporto na Ota (passados alguns meses a Ota já era má e o bom mesmo é Alcochete. " Margem Sul? "Jamais". Pois....)

- as divergências "inexistentes" com o seu candidato às europeias em relação à possível reeleição de Durão Barroso.

- as boas relações com Manuel Alegre

- o facto de não entender as "farpas" lançadas de vez em quando por Mário Soares

 

 Isto tudo sem falar do intragável ministro Augusto Santos Silva, este sim um verdadeiro pau-mandado, que dispara em todas as direcções: critica Alegre como se tivesse alguma moral para falar, abstém-se de comentar pormenorizadamente as absurdas críticas de José Lello a Manuel Alegre e, "last but not least", afirma sem nenhum pudor que gosta é de "malhar" na direita. Sócrates fala e lá temos nós que algumas horas depois levar com as palavras de ASS a defendê-lo. Sócrates lança o pauzinho e o seu cãozinho vai lá buscá-lo. Já aqui disse que ASS é um Sancho Pança dos tempos modernos, pena é que não tenha a mínima graça.

 

 Com tantos exemplos, afinal qual será a maior e mais grave cegueira? A de quem governa ou a de quem faz oposição dentro ou fora do Parlamento? Já diz o ditado : o pior cego é aquele que não quer ver. E destes o Governo, e também o país, está cheio.


Ler
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO