18
Jul 09
publicado por Alexandre Veloso, às 21:51link do post | comentar

 

 

 

Morreu ontem, aos 92 anos, Walter Cronkite, uma das maiores figuras da história do jornalismo americano e  também da CBS, onde esteve durante trinta anos.

Durante dezanove anos (1962-1981) foi o "pivot" do "CBS Evening News", trazendo aos lares dos norte-americanos todas as notícias do dia.

 

Cronkite esteve nos momentos mais importantes da história americana. Cobriu a Segunda Guerra Mundial e o desembarque das tropas aliadas na Normandia, em 1944, informou em primeira mão, e com a voz embargada de emoção, a morte do Presidente Kennedy, esteve no Vietname após a célebre Ofensiva do Tet, e não se coibiu de afirmar que os EUA não iriam vencer a guerra, relatou em directo a aterragem do primeiro homem na Lua, cobriu e relatou a crise do Watergate que levou à queda de Nixon e ainda a crise dos reféns americanos na embaixada dos EUA em Teerão.

 

Cronkite era tão importante e influente que foi considerado "o homem mais fiável da América". Sempre considerou que a forma como terminava os telejornais, com a frase "and that´s the way it is", era representativa do mais alto ideal de um jornalista, porque assim retratava aquilo que realmente via.

 

Fica aqui o registo dos momentos mais históricos da carreira de Walter Cronkite.

 

 


Ler
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO