10
Dez 08
publicado por Simão Martins, às 14:06
editado por Fábio Matos Cruz às 14:24link do post | comentar

Foto de Alexandra Boulat, na revista do El País de Domingo

 

Artigo 26°

  1. Toda a pessoa tem direito à educação. A educação deve ser gratuita, pelo menos a correspondente ao ensino elementar fundamental. O ensino elementar é obrigatório. O ensino técnico e profissional dever ser generalizado; o acesso aos estudos superiores deve estar aberto a todos em plena igualdade, em função do seu mérito.

 

Faz hoje 60 anos que foi proclamada a Declaração Universal dos Direitos Humanos. De facto, se lermos com atenção os trinta pontos que a constituem, denotamos que o objectivo é que ela se aplique universalmente e indistintamente aos seres humanos em todo o mundo. Mas, como mostra a fotografia, a universalidade dos direitos humanos não se aplica a todo o universo (passo, propositadamente, o pleonasmo); nem sequer mundialmente. Só para alguns. É que alguns hão-de ser sempre mais iguais que outros.

 


Ler
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO